Quem leu o artigo “Qual é a da Soninha Francine” sabe que ela usou como justificativa para sair do PT o fato de ‘não ter liberdade para defender o que acredita quando o partido manda votar em alguma proposta’. Eu,  à época, disse que dava na mesma… {{não acredite em mim}} Resta saber: E agora Soninha?!



PPS expulsa 37 integrantes por apoio a candidatos de outros partidos

Marcelo de Moraes, de O Estado de S. Paulo

O PPS deflagrou neste fim de semana o expurgo de seus integrantes que apoiaram candidatos de outros partidos nas últimas eleições. O primeiro diretório do PPS a cortar os dissidentes foi o do Paraná. Ao todo, foram expulsos dois prefeitos, quatro vice prefeitos e 31 vereadores do Estado.
O plano do PPS é continuar aplicando o mesmo tipo de ação em todos os seus diretórios regionais, repetindo a punição para aqueles que tiverem contrariado a orientação do comando nacional, preferindo se aliar com políticos de outras legendas.
Depois que o expurgo nacional for concluído, integrantes da Comissão Executiva Nacional darão início à reformulação dos diretórios regionais, para substituir os líderes que tiverem sido retirados do PPS. A ideia central é afinar a linha política do partido para a campanha municipal do próximo ano. As punições poderiam até ter tido maior alcance, já que foram recomendadas 47 expulsões. O total, porém, foi revisto para 37, depois da apresentação das defesas.
O movimento do PPS aumenta a turbulência entre os partidos de oposição. O Democratas tenta superar uma grave cisão, que levou à desfiliação de um grupo de dissidentes liderados pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.
O PSDB também enfrenta problemas internos por conta da disputa pela hegemonia do partido. Os tucanos têm pelo menos três núcleos importantes de lideranças, formados pelo senador Aécio Neves (MG), pelo ex-governador de São Paulo José Serra e pelo atual governador paulista Geraldo Alckmin. Um dos três deverá encabeçar a chapa presidencial de oposição em 2014.

 

{{não acredite em mim – Estado}}
Compatilhar
Share
É curioso o bastante para falar sobre qualquer assunto e inteligente o bastante para saber que quase sempre estará errado.