A folha de São Paulo não quer, mas deixa claro: acusou o golpe. O livro de Amaury Jr. mal chegou às livrarias {{esgotou-se em boa parte delas}} e a folha faz questão de mostrar de que lado está.

Mais ou menos como no episódio da ditabranda {{não acredite em mim}}, logo menos o jornaleco terá de admitir que errou. Ou morrerá tentando provar aquilo que não parece viável.

O caso, todos sabemos, é o mensalão. O mundo gira em torno do mensalão, está claro.

{{Crédito da foto: {link url="http://www.flickr.com/photos/59558222@N06/6132606270/sizes/l/in/photostream/" target="_blank"} Dukas.Ju {/link}}}

Pois o editorial de hoje da folha traz questionamentos um tanto… Seletivos?! Que seja, veja a moçoila por si mesma…{{ao moçoilo está permitido ver, também…}}:

Enquanto PT prossegue com sua pantomima para negar existência do mensalão, STF tarda em julgar e dá margem à prescrição de penas

{{não acredite em mim}}

Antes de adentrar ao assunto {{ÊPA!}} mensalão, cabe a pergunta: Cadê o editorial indignado contra tantos torturadores da ditabranda ditadura ?! Ora, não foi a própria folha que admitiu ter errado ao classificar a ditadura como algo brando {{link no início do post}}?!

Mais interessante é ver que o editorial não é assinado, como outros tantos do mesmo veículo {{veículo, aqui, é sinônimo de jornal. Não confundir com os veículos emprestados pelo jornal à mesma ditadura…}}.

Pergunta feita, cabe a este blogueiro-sujo-lambe-botas-contratado-pela-Dilma questionar alguns poucos fatos… Por exemplo, a CPI do tal mensalão…

Usemos como fonte o próprio fusca, digo, veículo.

{{não acredite em mim}}

Em outras palavras, a CPI do mensalão cassou Roberto Jefferson por uma acusação sem provas. Note que a informação é do mesmo autor que o editorial. Memória, parece, não é bem o forte dos Frias…

Mas não é preciso ficar só com notícias de um mesmo jornal, certo?! Então vejamos o que diz uma colunista do R7:

a petição de Roberto Jefferson ao STF, ontem, dizendo que não houve mensalão! Isso mesmo, declarado por seus advogados de defesa com todas as letras: não houve o “fato” mensalão, foi só “retórica”.

{{não acredite em mim}}

Ué?! Que coisa estranha… Quer dizer que o sujeito acusa e a folha divulga; daí o mesmo sujeito é cassado por não ter provas e a mesma folha divulga; daí o mesmo sujeito diz à justiça que é tudo retórica e… Nada da folha?!

Os Frias precisam mesmo de aulinha de história, jogo de memória, coisas do tipo… Mas… Vamos ao resto do editorial, que a diversão continua…

Passados mais de seis anos desde a bombástica entrevista à folha, em que Roberto Jefferson, então presidente do PTB, denunciou o escândalo, a sociedade vê-se condenada a mais um período de espera até que a Justiça decida-se quanto às acusações de formação de quadrilha, corrupção ativa e desvio de verba pública que pesam sobre nomes como o ex-ministro José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

{{não acredite em mim}}

Ou seja, a folha dá a entender que o pessoal do PT {{vulgo Zé Dirceu, o demônio encarnado}} não quer que a bagaça seja julgada, correto? Então chupa essa manga aqui:

Deputado cassado José Dirceu pede pressa no julgamento do processo do “Mensalão do PT”

{{não acredite em mim}}

Mas que demônios! Essa folha não acerta uma?!  Calma, vamos até o final, deve ter alguma coisa que preste nisso tudo…

Ensaiado no PSDB mineiro e aperfeiçoado no PT de Brasília, o mensalão é um desses episódios cujo esclarecimento parece despertar pouco entusiasmo no mundo político. Não surpreende que ainda permaneça inconcluso, envolto em manto de impunidade.

Pouco entusiasmo no mundo político?! Ué, mas não foi essa semana que a folha destacou com letras garrafais a declaração do FHC a respeito do mesmo caso?! Era algo mais ou menos assim:

Só se pode concluir uma de duas coisas:

  • FHC não tem relevância no mundo político {{e neste caso sabatiná-lo é um tanto burro…}}
  • O autor do editorial não lê a folha {{e neste caso seria até um ponto positivo}}

Mas, também, se nós lermos esta outra notícia, sobre o livro do Amaury, já concluímos que argumentação não é bem o forte da folha… E este post é inútil assim mesmo…