Chegamos a mais uma semana e com ela mais retrocessos. Confira:

 

Mobilidade Urbana

 

A indústris da multa, segundo Juninho, era exclusividade de Haddad. Mas todo mundo sabe que Dória Jr, O jESTOR é o cara na hora de administrar indústrias, empresas e coisas que gerem dinheirinho, pois então ele foi lá e deu um jeito!

{{não acredite em mim – Câmara Municipal de São Paulo}}

Só lembrando o que disse Juninho, atualmente cosplay de Marina Silva, logo após ter sido eleito:

Dória, ao contrário do que você lê na manchete acima, acabou com diversas ciclovias na cidade. Pois hoje alguém {{provavelmente alguéNS}} resolveu brincar de ser gestor de verdade:

{{não acredite em mim – Estadão}}

Já nas marginais, Juninho resolveu brincar de impor o pedágio urbano, mas anunciou de forma diferenciada:

{{não acredite em mim – Estadão}}

 

E o bom de ter pedágio na cidade é que além de você precisar pagar para ir ao trabalho, também ajuda a aumentar o trânsito e impulsiona as vendas do “Sem Parar“.

Higienismo

 

A Prefeitura de São Paulo segue investindo na higienização da Cracolândia. A gestão Haddad teve um {{1}} caso de bombas na região, que foi, posteriormente, atribuída à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, gerando atrito entre Haddad e Alckmin, à época uma manifestação ocorreu no dia seguinte aos fatos.

Depois da reunião entre o então prefeito petista e o governador tucano, nenhum outro caso foi registrado. A gestão Dória, por sua vez, acumula semanalmente casos de repressão policial, bombas de gás e balas de borracha e letais, na região onde o Plano Nova Luz promete dar lucro à Porto Seguro. Esta semana, claro, mais um caso ocorreu:

{{não acredite em mim – Estadão}}

 

O ImprenÇa já registrou o link, mas é sempre bom lembrar que o atual Secretário de Assistência e Desenvolvimento Social é dono de ONGs de internação compulsória no interior de São Paulo. Caso tenha perdido, o link é este aqui.

Alguns coletivos publicaram carta conjunta em defesa da cracolândia e dos moradores em situação de alta vulnerabilidade:

 

Educação

 

O blog denunciou semana passada e depois a Deputada Luiza Erundina repercutiu o fechamento de brinquedotecas e bibliotecas:

{{não acredite em mim – Fórum}}

 

A gestão Haddad, é bom lembrar, já havia zerado a fila para crianças de 0 a 3 anos, o que mostra que o fechamento não é necessário, bastaria uma gestão preocupada, de fato, com a educação {{não acredite em mim – Estadão}}.

A gestão Dória continua sem entregar uniformes escolares, ainda que isso por acaso não gere nenhuma manchete:

 

Mas, né? O cara não é político, afinal de contas, então pode tudo…

{{não acredite em mim – Estadão}}

 

Claro que não tem, né? Empresário não tem medo de vender patrimônio público, tem medo é de não lucrar com ele…

Mentiras institucionais

 

Já na primeira semana de gestão Dória se apossou da troca da iluminação pública promovida por Haddad e Simão Pedro {{então secretário de serviços da cidade}}

Bônus Track

 

Prefeito cosplay de gringo:

Suplão faz sua crítica:

{{não acredite em mim – folha}}

Compatilhar
Share

É curioso o bastante para falar sobre qualquer assunto e inteligente o bastante para saber que quase sempre estará errado.