Chegamos a 20ª semana com Doria comandando a cidade e os retrocessos não param. Este semanal vem logo após o fiasco da Virada Cultural, que deve ser rebatizada de Miada Cultural, após tantas confusões e palcos vazios. Mas sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Virada Cultural

 

Descentralizada é uma forma bonita de dizer que a Virada foi cercada, nada de palcos nas ruas, vamos cercar tudo que pudermos e fazer shows em áreas “controláveis” Pois bem, foi um fiasco.

{{Foto: Simon Plestenjak/UOL}}

 

Além de vazio, claramente foi bem planejada a virada:

A Miada Cultural ainda teve pinceladas de fascismo, quando tentaram protestar contra o prefeito:

{{não acredite em mim – Forum}}

 

E assim é tratada a cultura na gestão Doria: com desprezo e corte de verbas. Mas quem é que precisa de cultura, não é mesmo?

Higienismo

 

{{Na foto, perigoso traficante observa a PM – não acredite em mim – Jovem Pan}}

E teve mais…

Para o prefeito isso é resolver o problema da cracolândia. Fica só difícil explicar porque essa solução não funcionou antes, já que Kassab já havia feito o mesmo tipo de ação em 2012… {{não acredite em mim – G1}}.

A região é um ativo importante de grandes especuladores imobiliários. O projeto “Nova Luz” que já foi alvo de protesto dos comerciantes locais e, não por acaso, a notícia data do mesmo 2012 {{não acredite em mim – Rede Brasil Atual}}.

O que a população precisa entender é que as ações na cracolândia não visam os seres humanos em situação de vulnerabilidade. Tampouco visam os traficantes que por ventura atuem na região {{até porque, convenhamos, na região não há mega-traficantes, há, no máximo, funcionários dos que realmente ganham dinheiro com a droga}}. As operações policiais, as bombas e o higienismo todo visam apenas o lucro de quem pretende vender imóveis na região e, claro, internar compulsoriamente nas clínicas do secretário do prefeito, conforme já dito em reportagem do Democratize.

O prefeito informou o final do programa De Braços Abertos, assim, sem qualquer tipo de planejamento ou aviso prévio. Os adictos que por ventura estavam trabalhando no programa e que viviam nos hotéis da região, estes são problema de alguém agora. Desde que alguém não seja igual ao prefeito, na equação do gestor.

O Conselho Federal de Psicologia chamou a ação de barbárie,

{{não acredite em mim – HuffPost}}

 

E a impressão que fica é que sai o programa De Braços Abertos e entra o programa De Braços Cruzados.

Trânsito

{{não acredite em mim – folha}}

Nada a ver com o aumento das velocidades, a questão é o otimismo que toma conta do país nesse momento.

 

Corrupção

 

O prefeito que adora dizer que corrupto são os outros, fez uma viagem a Nova Iorque muito bem acompanhado. A notícia havia sido veiculada pelo pessoal do Último Segundo, no portal IG, mas aparentemente uma doação de censura foi feita em prol de Doria. Por acaso nós tiramos o print…

Pois é, corrupto são os outros mas o abraço quem deu foi Doria.

Mas tá tudo bem, Doria e Alckmin não querem que o PSDB rompa com o Brasil, no caso Brasil para o G1 é Michel Temer. Realmente corrupto são os outros…

 

Mas tudo bem, foi um caso isolado…

Bônus Track

 

Ciro Gomes falando de Doria…

Compatilhar
Share
É curioso o bastante para falar sobre qualquer assunto e inteligente o bastante para saber que quase sempre estará errado.