Dia 8 de março e este blog resolveu que era {{mais um}} dia de se calar, deixar que as principais violentadas afetadas pelo machismo é que deviam falar. E por ter essa visão de mundo que convidamos @Festimada e @Mexy_ para escrever no blog. E elas escreveram. A proposta foi bastante simples: “Escreva sobre aquilo que você quiser”.  O resultado foram dois belíssimos textos:

Mas não a Band. A Band, não. A Band de Santa Catarina {{não acredite em mim}}.

Não, não é trollagem. Está na FanPage oficial da Band Santa Catarina.

Hoje, 8 de março, Dia Internacional de Luta da Mulher, e a emissora de televisão {{que outrora demitira Rafinha Bastos, vejam só}} manda as mulheres se calarem. Só hoje. E azar delas que todos os outros dias do ano são dias de machismo, dias em que homens violentam as próprias esposas, dias em que patrões pagam menos por serem mulheres, enfim, que dia da mulher o quê?!

Só para lembrar:

A última pesquisa do IBGE mostra o rosto das diferenças por gênero.
Para cada R$ 100 de salário de um homem de baixa renda, uma mulher vai receber R$ 76.
Para cada R$ 100 recebidos pelo funcionário do sexo masculino, uma mulher receberá R$ 66,10.
Neste país de imensa pobreza, considera-se o topo da carreira uma renda mensal de R$ 3.730 para os homens e de R$ 2.466,50 para as mulheres.
{{não acredite em mim}}

Desculpa, mulheres. Vocês merecem homens de verdade. Aparentemente a Band não sabe bem o que isso significa. Mas não percam a esperança, alguns de nós ainda tentam deixar essa cultura estúpida e encarar o mundo de uma forma menos injusta.

Compatilhar
Share
É curioso o bastante para falar sobre qualquer assunto e inteligente o bastante para saber que quase sempre estará errado.