A disputa na cidade de São Paulo, polarizada na eterna briga PT x PSDB toma ares de guerra. De um lado um candidato que representa a continuidade de um governo com 82% de rejeição e, de outro, um candidato que tem em suas costas o crime chamado “Kit Gay”.

De um lado, Fernando Haddad, autor do Kit Gay. Do outro, José Serra apoiado por Silas Malafaia, que rejeita integralmente o mesmo kit.

Então falemos do Kit Gay.

 

O Kit Anti-Homofobia, ou o famigerado Kit Gay, nasceu por iniciativa do candidato {{bonitão}} Fernando Haddad enquanto ministro da educação.  A iniciativa nasceu de um projeto que, de fato, não deveria ter sido proposto pelo ministro da educação. Trata-se de um projeto interministerial a respeito dos… Direitos Humanos {{é, esse povo do PT acha que gay é gente humana, fazer o quê?!}}.

O projeto {{gay}} se propõe a tratar as questões de preconceito e bullying, não apenas com relação à sexualidade, como a cor {{preto e gay?!}}, machismo, entre outras minorias que esse povo comunista gosta de defender.

Inicialmente feito para ser entregue a pais, alunos e professores {{embora o candidato petista jure que não}}, o projeto foi alvo de protestos da base evangélica no congresso e reformulado {{numa tentativa de salvar o fiofó do Palocci}}. Após a reformulação o projeto foi encaminhado às escolas para que fosse utilizado somente para os professores e pais.

Não é por acaso que o tema está em voga em uma candidatura paulistana. São Paulo é o campeão da homofobia.

Estudo: SP lidera denúncias de agressão contra gays

{{ não acredite em mim – Portal Terra}}

SP: 70% dos homens gays já sofreram algum tipo de agressão

{{não acredite em mim – Portal Terra}}

Fora a vergonha de não termos atingido 100% de agressões a homens gays de ser um estado homofóbico, sobram casos de agressões na capital paulista.

Isso indica dois aspectos:

  1. Há muitos eleitores que gostariam de bater em gays
  2. Falta educação a respeito de direitos humanos em São Paulo

Mas isso tudo é besteira, minha gente. O que eu gostaria mesmo era ver um Homossexual ser curado de sua doença gay por um Kit Heterossexual.

Ou então que alguém me explicasse porque demônios o Kit Gay é tão efetivo em transformar pessoas de bem em pederastas {{os maldosos estão dizendo que o irmão do Papa leu um kit desses…}} e um Kit Heterossexual seria inútil. Porque não vi nenhuma proposta de Kit Hetero e, embora eu mesmo me afirme heterossexual {{os amigos rejeitam a afirmação}} não me recordo de ter entre meus livrinhos infantis um Kit ensinando onde encontrar o ponto G e essas coisas de homens Malafaianos.

O Kit Anti-homofobia trata de uma questão muito acima de orientação sexual. Trata de direitos humanos. Trata de assuntos que são caros à esquerda. Trata de Pinheirinho, trata de usuários de drogas da Luz.

Trata de seres humanos.