Há exatos 49 anos o país no qual vivemos dava início a um dos períodos mais terríveis de sua história {{o mais terrível? E os Jesuítas? Enfim, um dos mais…}}, a ditadura militar {{para a folha ditabranda, para Bolsonaro revolução, para a imprenÇa… Nada.}}.

Em maio de 2012, nossa presidenta {{para a folha E para Bolsonaro, terrorista. Para os cidadãos mais bem informados, guerrilheira. Para os alienados, comunista}} instituiu {{ou melhor, ajudou a instituir}} a Comissão da Verdade. Uma comissão que pretende revelar ao mundo os crimes cometidos por quem estava no poder promovendo a guerra civil que se viu em terras tupiniquins {{vamos enfiar um clichezinho, né?!}} até a aprovação da Constituição de 1988 {{que alguns dizem estar ameaçada pelos evangélicos – opinião que o blog rejeita – não acredite em mim}}

Mídia ignora o golpe de 64

{{Crédito da foto:{link url=”http://www.flickr.com/photos/codlibrary/2278168996/sizes/l/in/photostream/” target=”_blank”} C.O.D. Library{/link}}}

A tese utilizada pelos militares, opositores e parte estúpida, imbecil, burra ignorante da sociedade civil eram basicamente três coisas:

Decreto Nº 53.700: Declara de interesse social para fins de desapropriação as áreas rurais que ladeiam os eixos rodoviários federais, os leitos das ferrovias nacionais, e as terras beneficiadas ou recuperadas por investimentos exclusivos da União em obras de irrigação, drenagem e açudagem, atualmente inexploradas ou exploradas contrariamente à função social da propriedade, e dá outras providências

{{Decreto que declara de utilidade pública, para fins de desapropriação em favor da Petróleo Brasileiro S A - PETROBRÁS, em caráter de urgência, as ações da companhias permissionárias do refino de petróleo - {link} não acredite em mim

{{Decreto que declara de utilidade pública, para fins de desapropriação em favor da Petróleo Brasileiro S A – PETROBRÁS, em caráter de urgência, as ações da companhias permissionárias do refino de petróleo – {link url=”http://www.jusbrasil.com.br/diarios/2744076/dou-secao-1-16-03-1964-pg-3/pdfView” target=”_blank”} não acredite em mim{/link}}}

{{Decreto que  tabela os aluguéis de imóveis no território nacional, e dá outras providências - {link url="http://www.jusbrasil.com.br/diarios/2744076/dou-secao-1-16-03-1964-pg-3/pdfView" target="_blank"} não acredite em mim {/link}}}

{{Decreto que tabela os aluguéis de imóveis no território nacional, e dá outras providências – {link url=”http://www.jusbrasil.com.br/diarios/2744076/dou-secao-1-16-03-1964-pg-3/pdfView” target=”_blank”} não acredite em mim {/link}}}

As imagens foram retiradas do Diário Oficial de 16 de março de 1964, cujos links estão nas legendas. Para ler os decretos na íntegra você pode acessar pelo link 1 {decreto 53.701} e pelo link 2 {decreto 53.702}

O que se seguiria no país é a destituição de João Goulart da presidência da república, que é declarada vaga por  Ranieri Mazzilli, presidente da câmara à época. Em realidade foi um golpe branco {qualquer semelhança com o que ocorreu no Paraguai não é mera coicindência} por conta de uma viagem que realizara ao Rio de Janeiro e, principalmente, por decidir não punir os insubmissos da revolta dos marinheiros no Rio de Janeiro, além de um discurso pesado que fez como convidado de honra na festa  Associação dos Sargentos e Suboficiais da Polícia Militar.

O resto, como se sabe, é história. Castelo Branco assume, iniciamos os Atos Institucionais, continuamos com as torturas, etc. Oficialmente João Goulart foi declarado morto vítima de um ataque cardíaco. Em 2008 a folha divulgou entrevista com  ex-agente do serviço de inteligência uruguaio Mario Neira Barreiro, que declarou que João Goulart foi envenenado por ordem de Sérgio Fleury, autorizado expressamente pelo general Geisel {{não acredite em mim}}.

http://www.flickr.com/photos/credoum/4461405454/sizes/m/in/photostream/

Então você, sabendo disso tudo, abre os principais portais brasucas da internet na busca por alguma novidade da comissão da verdade, por alguma fotinho que seja, alguma vaga lembrança do golpe e…

 

 

 

Exato! Um grande nada! Quer se divertir tentando achar Wally ? Tente aí…

Como se fosse pouco o Ig ainda resolveu fazer uma homenagem velada à revista Veja, vejam só…

Ig justifica a revista Veja

{{não acredite em mimPortal Ig}}

PS: Quem tiver a curiosidade de ver as capas do Estadão e da folha de São Paulo à época pode dar um pulo na fanpage e conferir…

Compatilhar
Share

É curioso o bastante para falar sobre qualquer assunto e inteligente o bastante para saber que quase sempre estará errado.

  • ivo

    Espero que os militares voltem a colocar ordem nesta bagunça chamada Brasil. Nao sou, nao fui e nao vou ser comunista .
    Pode ate ter acontecido um ou outro caso de alguém ter ficado rico com desvios de dinheiro publico na época da ditadura , mas nem de longe era essa roubalheira feita a luz do dia que esta agora.

  • Brasileiro

    Engraçado quando falam de ditadura e ninguém fala que os tais “guerrilheiros”, queriam implantar uma ditadura cruel que é a ditadura do proletariado, ninguém diz sobre os “justiçamentos” da esquerda com os próprios companheiros ou os civis que eles mataram em roubos a bancos e atentados!. Ninguém diz que esses tais “guerrilheiros” estão hoje no poder e dilapidando o erário de uma forma jamais vista no mundo! Dilmona já falou algumas vezes que nunca lutou por democracia, lutava para implantar a ditadura do proletariado, mas o uma mentira contava muitas vezes vira verdade e eles sempre mentem dizendo que lutavam por democracia!

  • Nico

    Pior momento do Brasil? Muito ingênuo para ser polêmico… No Brasil em 2012 foram assassinados por SEMANA o DOBRO de pessoas que foram mortos pelo Estado Brasileiro durante todo o regime militar – Incluídos aqueles realmente mortos legitimamente em troca de tiros. Agora imaginem se o objetivo dos terroristas tivesse sido alcançado: as mortes seriam aos milhões…Exagero? Vide China, Rússia, Camboja, etc.