O Prefeito da cidade de São Paulo Fernando Haddad irá pagar Bolsa Família para estrangeiros. Haitianos, Angolanos, Bolivianos e afins passarão a receber o benefício.

Pausa para o grande grito e marcha da classe média paulistana

.

.

.

.

Este blog já relatou, para quem não pertence ao Tucanistão, como pensa a Elite Paulistana. Mas agora esse partido que tenta a todo custo impor a República Bolivariana,  resolveu dar um pouco dos tão sagrados impostos aos estrangeiros?? Absurdo!

{{não acredite em mim – O Globo}}

E aí os excelentes comentários inteligentes do povo…

Então vamos desenhar, para você que não é nenhuma mula, mas tem dúvidas a respeito da importância dessa medida.

Estima-se que 1 milhão de estrangeiros vivam na cidade de São Paulo. Os números oficiais, citados na reporcagem falam em 360 mil, ainda que a prefeitura mesma diga ser quase 3 vezes isso.

O Estado de São Paulo é o vice-campeão em Bolsa Família. Isso sem a inclusão de nenhum estrangeiro, vejam só vocês. Tucanistão tem 37,7% da sua população com renda menor que 1 salário mínimo {{não acredite em mim – PNAD 2013, página 190 do PDF}}.

O Bolsa Família, como se sabe, tem como critérios para elegibilidade:

Mas vamos falar do diacho dos comentários…

Isto é um absurdo. Pagamos impostos para sustentar estes desocupados. Por que não trabalham como todos nós?

Esta na verdade é uma excelente pergunta: O que diabos fazem esses bolivianos, haitianos e africanos {{africano a gente sempre generaliza, que foi assim que aprendemos com a TV}} que não trabalham como a gente?

{{não acredite em mim – Valor Econômico}}

{{não acredite em mim – Repórter Brasil}}

Ah esses estrangeiros que preferem serem escravos a trabalhar como nós, não é mesmo?? Vai entender essa gente…

Melhor é saber disso e ouvir frases como: “Ah eles estão roubando nossos empregos”. Amiguxo, sério mesmo que é nesse mercado de trabalho que você deposita sua esperança de futuro ? Na boa, vai fundo…

Desvia verbas destinadas a brasileiros deliberadamente para estrangeiros, e pior, quer igualar os direitos de ser brasileiros a qq um do mundo

Aqui temos o típico indignado por qualquer coisa. Com toda certeza esse é o típico sujeito que grita pra todo mundo ouvir: “É BOLSA-ESMOLA!! É BOLSA-VAGABUNDO!!!” . Mas como é para ser xenófobo, vamos exaltar os brasileiros, né?

Mas já que o assunto são as verbas, vamos fazer uma análise puramente capitalista do assunto. Assim já abarcamos os diversos comentários selecionados que dizem mais ou menos a mesma coisa: “dinheiro é dos brasuca, truta, tem que gastá é com nóis! Meus imposto, porra!“*

{{não acredite em mim – Valor Econômico}}

Ou seja, o Bolsa Família gasta menos de meio porcento do nosso PIB. E mais do que isso, é um investimento que dá um retorno de 78% {{SETENTA E OITO PORCENTO}}.

Mas isso é muito, seu Caipira?

Bem, querida leitora linda, pequeno leitor ogro, veja você mesma(o) o gráfico apresentado por uma agência de investimentos para convencer as pessoas a jogar na Bolsa de Valores:

{{não acredite em mim – InvestMax}}

Ou seja, sim, é coisa pra caramba. Trocando em miúdos, se você está preocupado com o retorno dos seus impostos este é o melhor investimento a ser feito.  O dinheiro gasto volta quase em dobro.

Agora posso contar uma coisa a você que realmente está preocupado com o retorno do investimento de seus impostos? Por que demônios você xinga os caras que são escravizados e não xingam a quem de direito? Quem? Vou só dar uma dica:

A estimativa de dívida líquida saiu de 35,65% para 36,1% em 2014 e de 36,45% para 37,45% em 2015.

{{não acredite em mim – Valor Econômico}}

Por que você escolhe xingar um imigrante escravizado e deixa de xingar os bancos, responsáveis por recolher do PIB 37% do seu rico dinheirinho? Sei lá, me parece que a prioridade está errada…

* Reprodução quase fiel de um paulistano indignado