Esta sexta-feira o blog inaugura o que pretende ser uma coluna semanal das maiores cretinices da semana. Não daria mesmo para fazer as piores cretinices da história, porque – fora o boimate – ninguém conseguiria lugar cativo, toda semana tem cretinice nova…

Então aqui vamos ao resumão das maiores cretinices desta semana!

 

Em 5º lugar  – {{não acredite em mim}}

fmiDiretamente da série: “Ah, vá?!”. O que me faz lembrar de uma certa manchete de ano eleitoral…

tucanos

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

Em 4º lugar

monica

A eficiência da SABESP na página de cultura. E com todo destaque que o problema da água em São Paulo merece…

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

Em 3º lugar – {{não acredite em mim}}

 

volta dos que não foram

É A volta dos que não foram. Marina Silva com dificuldades para criar um partido ? Deve ser culpa da Dilma, mesmo…

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

O 2º lugar – {{não acredite em mim}}

vale

Na verdade essa é uma contra-manchete. Daquelas que a mídia escondem bem escondidinho… Enquanto todo mundo fala em Petrobras falindo {{Leia esse post e ria dessa piada}}, a Vale do Rio Doce, privatizada a preço de banana com a ajuda do nosso querido José Erra, indo de vento em popa. Só que não.

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

E o grande vencedor é… – {{não acredite em mim}}

conflito social

A patética tentativa do Estadão de transformar um discurso em defesa do governo Dilma num discurso convocatório para a guerra civil. A frase de Lula foi: “Eu quero paz e democracia, mas se eles não querem nós também sabemos brigar. Ainda mais com a ajuda do Exército do nosso querido Stédile“.

Bem diferente do que sugere a patetada do Estadinho… Veja o trecho vocês mesmos:

 

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

Bônus Track – {{não acredite em mim}}

LULA

Cabe ressaltar que o repórter fugiu das dependências do condomínio, sendo localizado posteriormente pela Polícia Militar e identificado como Ulisses Campbell, jornalista da Veja.

Resumidamente a história é a seguinte:

Lembra daquela matéria fantasiosa da Veja sobre uma festa de um sobrinho do Lula em Brasília, que estava dando iPad na entrada, bla bla bla whiskas sachê? Poisé.

O Lula avisou que não tinha nenhum sobrinho morando em Brasília. O repórter, louco para provar a sua história, resolveu perseguir a família toda do ex-presidente até que encontre alguma viv’alma que possa minimamente mentir em favor do conto do vigário publicado pela Veja.

É a nova forma de jornalismo: Primeiro a gente inventa. Depois ache quem minta conosco. E se para isso precisar invadir um condomínio, fazer ligações falsas, que seja!

Ah, faltou dizer… O repórter… É esse aqui ó:

B-zVUmKW0AINaO3.png:large{{Crédito da imagem: @FidorAndrade}}

Inscreva-se em nossa Newsletter

Inscreva-se em nossa Newsletter

Não perca nenhum conteúdo. Não se preocupe, seu e-mail não será repassado a ninguém.

Obrigado, sua inscrição foi feita!

Compartilhar

Compartilhe esse artigo!