Fake News: Como identificar, como desmentir e como elas funcionam

O que são as Fake News?

Fake News é um termo cunhado para dizer que uma notícia/meme/informação é inventada. Em geral com a intenção de passar uma imagem contrária à real.

O termo ficou mundialmente conhecido principalmente depois da eleição de Donald Trump nos EUA, por aqui o Movimento Brasil Livre teve um papel imenso na repercussão deste tipo de falsidade, foi até punido pelo Facebook por conta disso.

Fake News não é erro

Uma confusão comum é achar que um erro jornalístico é uma fake news. Um jornalista sério, em tese, checa suas fontes e tende a errar o menos possível. Não é infalível.

Mas uma Fake News não tem a intenção de acertar. Ela pega um fato e descontextualiza. Como pegar uma notícia de 2002 e postar como se fosse de 2018 ou pegar um vídeo e fazer cortes, edições de modo a dar a entender uma coisa que não é verdade.

O jornalista pode errar, mas em geral (o bom jornalista) assume o erro e o desmente assim que percebe.

Como identificar uma Fake News ?

A melhor forma de checar se algo é real ou fake é usar o bom senso. Será que um candidato ou candidata à presidência diria que odeia Jesus? As notícias políticas no Brasil estão cada dia mais surreais, mas ainda assim é possível desconfiar de notícias muito espetaculosas.

O ideal é checar. Sempre que a notícia for muito espetaculosa, como um candidato a presidência falar que odeia Jesus (sabendo que a maioria da população brasileira é cristã) confirme a fonte em 2 ou 3 sites de informação sérios. Quanto mais absurdo, maior a chance de ser falso.

Merchan

Como surgem as fake news?

As fake news nascem, quase sempre, de grupos de interesse que pretendem ganhar a opinião pública para uma causa ou politico específico.

Em geral são usados fatos reais fora de contexto, montagens de fotos, vídeos e manchetes. Normalmente começam a se espalhar por grupos de whatsapp e sites desconhecidos, mas com grandes audiências.

Como saber se um site é real ou não ?

Um bom indicativo para isso é saber desde quando o site existe. Nem sempre isso é possível. Mas note que a maior parte dos sites de notícias possuem um “sobre”, “quem somos” ou página semelhante. O simples fato de ter alguém identificado como responsável pelo site já ajuda muito.

Isso porque desta forma é possível pesquisar se aquela pessoa existe realmente ou não. E também é possível responsabilizar o responsável pelo site, no caso de uma notícia deliberadamente falsa. Verifique também se há algum e-mail para contato, se existe algum telefone ou endereço.

Fake News e Clickbait

O clickbait é uma isca. É uma manchete sensacionalista, com uma matéria jornalística que é séria e por vezes desmente a manchete. Ela tem a intenção de chocar e atrair visitantes curiosos.

Já a Fake News é uma manchete mentirosa, com um relato qualquer que imita uma notícia mas que é como um panfleto. Quem cria o faz com a intenção de confundir com uma notícia real, para passar credibilidade ao tema.

Por que elas são ruins para o debate público ?

Uma pesquisa de 2012 concluiu que apenas 9% das pessoas leem notícias compartilhadas pelo Facebook e Twitter. O que significa que 91% das pessoas compartilham a notícia sem abrir ou ler até o final. Isso implica em muita manchete maldosa, os famosos clickbait, e muita fake news sendo compartilhada.

Caso o Facebook e o Twitter sejam comparados, as notícias compartilhadas pelo Facebook levam vantagem, com 7% das pessoas assumindo que clicam nesse tipo de postagem com muita frequência. No Twitter, a marca fica em 3%.

Ou seja, as pessoas começam a absorver o conteúdo falso como sendo real, o que implica em decidir o voto, por exemplo, com base em falsidade. Há casos mais extremos onde pessoas foram espancadas por conta de notícias falsas.

As Fake News e as eleições

Em época eleitoral a coisa fica ainda mais complicada. Como foi dito, diversos grupos contratam programadores que criam robôs para comentar e espalhar notícias fabricadas. O mais comum é uma notícia falsa prejudicando um candidato ou candidata.

Como é tudo muito recente, a justiça eleitoral não sabe exatamente como lidar com a questão o que acaba agravando o problema. Então fica a dica para você eleitor ou eleitora: se o seu candidato ou candidata precisa de Fake News para se eleger, será que as propostas dele ou dela são realmente boas ?

Ainda não sabe se é uma Fake News ou uma Notícia real ?

Resumo
Fake News: Como identificar, como desmentir e como elas funcionam
Título
Fake News: Como identificar, como desmentir e como elas funcionam
Descrição
Aprenda a identificar uma Fake News. Quem as produz, com que intenção ? Por que elas são tão relevantes no debate público ?
Autor
Veículo
ImprenÇa
Logo do Veículo
Inscreva-se em nossa Newsletter

Inscreva-se em nossa Newsletter

Não perca nenhum conteúdo. Não se preocupe, seu e-mail não será repassado a ninguém.

Obrigado, sua inscrição foi feita!

Compartilhar

Compartilhe esse artigo!