O ImprenÇa – {{não acredite em mim}} surgiu em 2009 para comentar as besteiras que a imprensa fala. Utiliza o “Ç” de forma crítica, para sinalizar que ela não tem nada de imparcial.

Por isso mesmo, sempre damos as fontes das informações que baseiam as análises, insistimos na tese de que os leitores possuem massa encefálica ativa. Ela estará sempre indicada pelo {{não acredite em mim}}.

Além de dar crédito à fonte, queremos estimular o leitor a procurar por si mesmo as matérias e parar de acreditar em tudo que lê. Por isso mesmo o blog jamais se furtará de declarar seu voto nas eleições.

É a maneira mais honesta de imparcialidade que nós conhecemos. Imprensa se escreve com S nós sabemos, obrigado pela preocupação!

Comentários

Não é permitido

Comentar apenas um xingo, algo do tipo: “Vc é um imbecil”.

Comentários para divulgação de blogs: “Parabéns pelo post. Ass. ESPERTÃO www.espertalhao.com.net.br “.

No campo de comentário há espaço para seu blog / site / portal, coloque o endereço no espaço indicado e sejamos todos felizes.

É permitido

Tudo que não está especificado no Não é permitido acrescido daquilo que o bom senso diz que não é proibido.

Não há problema nenhum em discordar, discutir, argumentar desde que feito utilizando o que se convencionou chamar de ‘cérebro’.